8 de mai de 2014

Ir, sobretudo, em frente...

É pra frente que a vida segue, passado foi ontem e não se pode fazer nada a respeito, o futuro é amanha e até ele chegar, já se foi mais um dia perdido. Mas e se eu continuar nesse caminho que teoricamente seria a vida "politicamente correta" mais que afinal, não é o que eu quero pra mim?
Chega um momento em que temos que decidir! Escolhas que traçarão o destino de todo o resto de nossas vidas, decisões que determinam o que seremos, se faremos a diferença, se seremos felizes ou se seremos apenas mais um que segue, que vai em frente, na fila da multidão que se forma de acordo com os padrões estipulados. Nascer, crescer, estudar, vestir o seu terninho e ficar fechado dentro do seu escritório o dia todo, enquanto lá fora o sol brilha! 
Onde esta escrito que aos 20 anos de idade alguém tem que saber o que realmente quer? ninguém nasce com um código de barras, todo mundo tem direito de errar! Tente, tente e tente e se ao tentar não for aquilo que você esperava, deixe pra trás, siga em frente e tente outra vez.
O que não se pode fazer e se arrepender por não ter feito, o mundo esta cheio de ideia excelentes, porem se não forem executadas, continuaram no patamar das simples ideias; O pior pensamento que se pode ter é ficar o resto da vida imaginando como seria SE tivesse feito, SE mudasse o rumo, SE fizesse o que o coração mandasse, SE SE SE... Portante arrependa-se acima de tudo pelo que fez! e não pelo que poderia ter sido feito. 
O futuro é um dia apos o outro, seria bom mesmo, acordar e ter sabedoria pra saber o que é melhor, saber mais, bem mais que os meus 20 e poucos anos... Uma coisa eu sei, que eu quero ser feliz, e se pra isso eu tiver que abrir mão da expectativas que os outros tem sobre mim, oras, farei! É o meu futuro que esta em jogo, e a vida é só uma, bela, complexa, curta e passageira.

/Stefany Isaac.